Hummmm…como não ficar de boca aberta né gente? Esse ravióli de trufas negras eu comi em Cortona na Toscana italiana com direito a muito queijo e vinho! Simplesmente maravilhoso…

Estradinha sinuosa que liga Camucia-Cortona. Na primeira foto Cortona está no topo da colina.

Cortona localizada no alto de uma colina na Toscana é uma cidade de raízes etruscas, suas casas de pedras com floreiras lindas nas janelas e oliveiras nos quintais. O centrinho localizado no cume da colina com uma linda igreja e vários restaurantes e cafés com mesinhas nas calçadas. Nós fomos de trem até Camucia  e caminhamos (eu e meu marido) até Cortona (5km), mas muita calma neste momento…rsrsr tem ônibus que faz o trajeto em 5 minutos saindo da estação ferroviária de Camucia com destino ao centro de Cortona. Mas valeu muito a caminhada, conhecemos um pouquinho mais da vida dos italianos em uma cidade bem tranquila.

cotorna5

Lindas oliveiras nos quintais das casas.

Próximo a uma bifurcação da estradinha que estávamos, perguntei (com meu italiano 30%) a uma senhorinha que cuidava de sua horta, qual seria o caminho mais curto para o centro de Cortona e ela foi extremamente gentil e perseverante no ensinamento, pois foram diversas tentativas para ela me entender e eu entende-lá, muito difícil o dialeto, mas no final nos entendemos e ganhei um sorriso!!

Vista de Camucia do mirante de Cortona. Casas com lindas floreiras e seus carros estacionados no centrinho de Cortona.

Depois de passearmos e observarmos as ruas estreitas de arquitetura medieval paramos para almoçar em um restaurante próximo a Piazza della Repubblica, pedimos uma sugestão ao garçom que nos recomendou o maravilhoso Ravioli al Tartufo Nero. Como diz minha tia: “um espetáculo”, delicado e ao mesmo tempo um sabor único, impetuoso e marcante, deram para perceber que eu nunca havia provado trufa, né? Depois desse almoço maravilhoso acompanhado de um vinho regional delicioso e um pouco de insistência, o garçom me revelou algumas dicas de como preparar o ravióli.

Ravióli de trufas negras.

Recentemente fiz algumas tentativas e o sabor ficou bem próximo do ravióli italiano. Então, vamos lá! Coloquem o avental e preparem as frigideiras.

Comprei a melhor massa fresca que eu poderia encontrar aqui na região (pode ser 500 g de ravióli de ricota ou de carne), o resto foi assim:

Ingredientes para duas porções generosas:

90 g de manteiga

1 trufa negra

4 fatias de bacon

Sal e pimenta para temperar

3 folhas de sálvia

100 g de queijo emmerthal

100 g de queijo grana padano

100 ml de creme de leite fresco

A alta temporada de trufas negras é em agosto e setembro, nas grandes capitais são mais fáceis de encontrá-las em mercados importadores da Itália e França.

Em uma frigideira coloquei a manteiga e o bacon picado bem pequenininho, quase moído, deixei fritar e logo coloquei as folhas de sálvia, em fogo baixo coloquei o creme de leite fresco e temperei tudo com sal e pimenta, desliguei o fogo e coloquei o queijo emmerthal e a trufa (picadinha) mexendo com muita delicadeza. No ravióli já cozido, coloquei o molho sobre ele e polvilhei com queijo grana padano e umas lasquinhas de trufas negras. Fácil assim…não esqueçam de me convidar para provar o ravióli de vocês, combinado?

Lidi Maretti.